Artigo

Atividade física e câncer: recomendações para prevenção e controle

Autor(es): Daniela Dornelles Rosa, Fabio Fortunato Brasil de Carvalho, Leandro Fórnias Machado de Rezende, Leandro Martin Totaro Garcia, Patricia Chakur Brum, Rafael Deminice, Rachel Riera Renata Cangussu, Ronaldo Corrêa Ferreira da Silva

RESUMO

Este documento sintetiza as evidências científicas mais recentes sobre a prática de atividade física para a prevenção, redução da mortalidade geral e específica por câncer de sobreviventes da doença. Priorizou-se a análise da evidência para os cânceres de mama, próstata, cólon, reto e pulmão, os mais frequentes no Brasil e mais abordados na literatura da área.

Tem como público-alvo todos os profissionais de saúde, em especial aqueles mais envolvidos na promoção da atividade física. O processo de elaboração das recomendações foi sistematizado, transparente e reprodutível, seguindo as recomendações do Apraisal of Guidelines for Research&Evaluation (AGREE) e considerando a quantidade e a certeza das evidências científicas, a relação entre benefícios e riscos da intervenção e o contexto onde serão aplicadas as recomendações. A prática de atividade física de intensidade moderada a vigorosa reduz o risco de câncer de mama e cólon, e, possivelmente, de pulmão. Em geral, a prática de atividade física moderada a vigorosa, quando realizada após o diagnóstico, é segura para sobreviventes do câncer e reduz o risco de mortalidade geral e específica por câncer de mama, cólon e reto, e de mortalidade específica por câncer de próstata. Assim, recomendamos que todos os adultos e idosos, com ou sem diagnóstico de câncer, pratiquem ao menos 150 minutos semanais de atividade física de intensidade moderada, ou,
ao menos, 75 minutos semanais de atividade física de intensidade vigorosa, ou, ainda, uma combinação equivalente de atividades moderadas e vigorosas. Esperamos que estas recomendações possam apoiar o profissional de saúde na recomendação da prática de atividade física e contribuir para a redução da inatividade física na população em geral e de sobreviventes dessa doença.

Compartilhar em:

Compartilhar em:

sbm sc
SBM SC
01/12/2022

Comentários

Deixe um comentário

0

Conteúdos Relacionados

Comentários

Deixe um comentário

Carrinho de compras